Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AlGo à Mesa

Doce ou salgado, saboroso e 100% vegetal

Janeiro 08, 2020

Sopa e sopas

Depois das festas, em que se come tudo o que é porcaria bom, e com este frio, sabe bem uma sopa.
 
Não vos quero propriamente dar uma receita de sopa, mas mostrar como faço, uma vez que as receitas de sopa que vejo têm sempre refogados, banha, com caldos de pacote ou cubinho, natas... destruindo uma das grandes qualidades da sopa, que é o ser extremamente saudável.
 
Faço sopa sem batata porque prefiro a textura, não por engordar ou não, até porque qualquer batata engordará menos do que um chocolate e eu continuo a comê-los.
 
Muitas vezes tenho legumes congelados, ou porque me dão em quantidade e não quero estragar, ou porque compro em promoção, arranjo e congelo e tenho a sopa quase pronta. A diferença para este post de 2017 é que já não congelo em sacos plásticos mas em "taparueres".
 
Uso:
Água, azeite e sal q.b.
 
Para a base uso sempre courgete, alho francês, nabo e cebola e vou variando com cenoura, beringela, chuchu.
 
Depois para diferenciar a sopa: Feijão, couves das mais variadas, ervilhas, agriões, espinafres... o limite é a imaginação, tentando respeitar a época... ou as promoções.
 
Como fazer:
 
Preparar os legumes. Lavar e cortar, estão a ver? Eu corto pequeninos para cozer rápido.
 
Colocar os legumes da base, mais aqueles que se querem acrescentar mas queremos que fiquem passados, numa panela com água, dois ou três dedos acima do volume dos legumes e deixar ferver.
Quando ferver colocar sal e deixar os legumes cozinharem. 
 
Quando os legumes estiverem cozidos, retiro um pouco da água, até ficar cerca de um dedo acima dos legumes e reservo o caldo.
Passo os legumes com a varinha mágica.
 
Se o puré ficar muito grosso, acrescento o caldo reservado até ficar ao gosto, eu como gosto de papinha de bebé, cremoso, guardo o caldo para futuras utilizações.
Querem maneira mais fácil de fazer um caldo de legumes? Não conheço.
 
Se me apetecer só assim, coloco um fio de azeite, ponho ao lume, deixo levantar fervura e desligo. Está pronta. 
 
Se quiser "especializar", coloco um fio de azeite, ponho ao lume, deixo levantar fervura e acrescento o legume da vez. Deixo que cozinhe.

IMG_20200107_195353.jpg

Esta é de feijão verde, com um restinho oferecido pelo vizinho e que tinha congelado, daí a foto não mostrar muito. Confesso que esta ficou mais líquida do que o que eu prefiro, mas às vezes lá calha.

Está pronto, podem vir para a mesa.

Novembro 15, 2019

Canja de Cogumelos

Nunca tinha gostado de canja. Para mim não passava de água de cozer frango/galinha com massa/arroz. Até ao dia em que vi esta receita e resolvi experimentar, à minha maneira.

Adorei.

IMG_20191115_182821_650.jpg

Usei:

- Meia cebola

- Uma cenoura pequena

- 150 gr de cogumelos frescos.

- Meia chávena de massinhas, usei pontinha, porque era a que tinha em casa

- Meio litro de caldo de legumes caseiro, porque não uso “pozinhos”.

- Um litro de água, porque precisava de mais líquido, mas isto varia conforme a quantidade.

- Uma folha de louro

- Um cravinho

- Sal e azeite q.b.

 

Como fiz:

Cortar a cebola às fatias e a cenoura aos cubos, ou se forem como eu, como vos apetecer. Limpar os pés dos cogumelos. Desta vez usei Shimeji, que precisam de limpeza nos pés, mas os shitake também fica bom.

Numa panela, num fio de azeite, colocar a cebola e a cenoura e deixar dois minutos.

Juntar o caldo de legumes e deixar ferver.

Adicionar a folha de louro e o cravinho, temperar com sal (cuidado se o caldo já for temperado).

Juntar os cogumelos e as massinhas, acrescentar a água necessária para aquilo que consideram canja. Há quem goste com mais “entulho”, outros preferem com menos… Deixar cozinhar até a cenoura e a massa estarem no ponto.

Está pronto, podem vir para a mesa.