Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Granola

24.04.17

Muitos dizem que é uma moda, mas eu que gosto de coisas que fazem "crunch, crunch", há muito que adicionava cereais, sementes e frutos secos aos iogurtes e até à fruta... não lhe dava era um nome e não havia uma receita envolvida. 

Então descobri a granola e a minha vida (não) mudou.

IMG_20170413_202335.jpg

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Pão" de leite

17.04.17

Mais uma vez, não é pão não senhor, mas é bom.

Fiz em formas de queque, mas pode-se duplicar a receita e fazer em forma de pão de forma, que fica muito bem.

 

Como como pão, com queijo, fiambre ou paio... e simples, porque é mesmo bom.

IMG_20170225_215850.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Oopsies

10.04.17

Alguém queria fazer pão, ou bolo... e saiu isto. Ops!! 

Só assim se justifica o nome, de algo que não é pão, mas faz as vezes e é bom.

05 04.jpg

- 3 ovos

- 90 gramas de iogurte grego natural. Também podem usar queijo creme (tipo Philadelphia) ou quark. Eu prefiro o sabor dos feitos com iogurte.

- Uma pitada de sal

- Se quiserem, sementes para colocar por cima (usei linhaça)

 

Bater as claras em castelo com uma pitada de sal.

 

Misturar as gemas com o iogurte(ou o queijo) até obter uma mistura cremosa homogénea.

 

Envolver as claras no creme.

Este momento é crucial para o bom resultado. Ao envolver, não se pode mexer demasiado, e muito menos bater. O envolver deve ser feito com uma espátula, em movimentos de baixo para cima, para que as claras batidas não percam ar e a mistura não fique uma meleca liquida.

 

Ligar o forno nos 180º.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal untado com um pouco de manteiga.

 

Fazer montinhos do preparado, com uma colher. No tabuleiro vulgar no forno, cabem 9 montinhos. Não podem ser muito grandes nem estar muito chegados uns aos outros, para não colarem.

 

Polvilhar sementes em cima.

 

Levar ao forno 20 a 25 minutos, até dourar. 

ADENDA: Deve-se deixar arrefecer dentro do forno, para não mirrarem muito.

De qualquer forma, como qualquer coisa com claras, vão crescer muito e depois mirrar bastante... é normal.

 

Rechear como apetecer, juntando dois, faz-se uma sandocha como se de pão se tratasse.

 

Nutella não vale, que a ideia é ser saudável ;) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

saudável.

Não acreditam que possa ser? Bom, talvez não seja bem quiche, mas saudável é.

IMG_20170305_195608.jpg Não tem massa nem natas, por isso, estejam à vontade para lhe chamar outra coisa.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há uma diferença entre alimentação saudável e alimentação com vista à perda de peso. 

Não é que considere que este "pão" não é saudável, é, mas pode eventualmente ser um excesso de proteína para aquilo que eu considero alimentação saudável. De qualquer forma é bom e pode-se comer a qualquer hora do dia porque não tem os "malditos" hidratos de carbono que, dizem, engordam.

IMG_20170225_215956.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"O arroz doce, na região de Coimbra, era tradicionalmente usado como participação de casamento e pretexto para a apresentação do noivo. As raparigas,  juntamente com a mãe e o "respetivo", visitavam as famílias que conheciam, a quem ofereciam uma travessa de arroz doce.

Uma semana depois, voltavam para buscar a travessa e receberem o respetivo presente."

 

Ora bem, não me vou casar, por isso não tenham medo de ter que me presentear e aceitem lá um pratinho de arroz doce, o verdadeiro.

E porquê o verdadeiro? Porque eu digo e pronto.

Não há cá manteiga, vagens de baunilha ou de outra coisa qualquer, muito menos pudins e leites condensados para dentro do tacho.

Este, o de Coimbra, nem ovos leva... mas fica tão, mas tão bom... que é o único que como.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Alexandra Gomes

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo